HUANGLUO,A VILA DAS MULHERES COM CABELOS DE QUASE 2 METROS DE COMPRIMENTO - A IMPORTÂNCIA DE LAVAR OS CABELOS COM A ÁGUA DE ARROZ INTEGRAL

Para esta cultura, grandes cabelos trazem prosperidade (Fonte da imagem: Reprodução/Oddity Central)
HUANGLUO,A VILA DAS MULHERES COM CABELOS DE QUASE 2 METROS DE COMPRIMENTO - A IMPORTÂNCIA DE LAVAR OS CABELOS COM A ÁGUA DE ARROZ INTEGRAL

O que as mulheres da etnia Yao, que vivem na vila Huangluo, na China, têm de especial? Segundo o Guinness World Records, a resposta seria as longas madeixas que cada uma delas exibe. A média entre as 120 representantes femininas desta vila é de 1,7 metro de comprimento de cabelo — sendo a maior cabeleira registrada com mais de 2,1 metros.  
Como é possível notar, para estas chinesas, o cabelo é o bem mais precioso que elas possuem. E o motivo que as levam a deixar a madeixas tão longas é simples: segundo a cultura dessa etnia, quanto maior o cabelo, mais longevidade, saúde e prosperidade. Esta crença acabou se tornando um dos principais atrativos da vila de Huangluo — local que também atrai turistas pela beleza natural que oferece em seus arredores.

Cortar o cabelo? Apenas uma vez em toda a vida

Aos 16 anos, as mulheres de Huangluo possuem a autorização de cortar seus cabelos. Segundo a tradição, este é o momento em que elas devem procurar um parceiro e, por isso, cortam os cabelos, passam para as avós e estas montam um penteado ornamental — que é guardado para dar ao futuro noivo.Mesmo quando é cortado, o cabelo não é jogado fora (Fonte da imagem: Reprodução/Oddity Central)
Depois de todo esse processo, a peça de cabelo também será usada pela mulher para complementar o penteado de cada dia. Além de trazer boas vibrações para as mulheres, os longos cabelos também são usados como status. De acordo com o penteado que cada uma usa, é possível saber se elas são casadas, possuem filhos ou se estão atrás de um amor.

Apenas esposo e filhos podiam ver os cabelos de cada mulher

Até a década de 80, a tradição de Huangluo era rigorosa quanto às madeixas de suas moradoras. Apenas o esposo e os filhos poderiam ver o cabelo solto de uma mulher — que precisava escondê-lo com um lenço na maior parte do tempo.Lavar um cabelo com mais de 1 metro não deve ser algo muito fácil... (Fonte da imagem: Reprodução/Oddity Central)
Huangluo: a vila de mulheres com cabelos de quase 2 metros de comprimento

As regras eram tão rígidas que, caso um estrangeiro ou outro morador visse por acidente os cabelos de uma mulher, ele era obrigado a passar três anos com a família dela como um genro. Mas todas essas leis foram modificadas em 1987 e, agora, as representantes femininas de Huangluo podem exibir suas longas madeixas para todos.

Para deixarem seus cabelos escuros bem cuidados e bonitos, as mulheres desta etnia os lavam no rio com um shampoo especial, composto com água que é utilizada para lavar o arroz.

A vila chinesa dos cabelos compridos


(Matéria traduzida do site MessyNessyChic. Original aqui).
rapunzelchine
Em 2019, o mercado global de xampu deverá atingir um valor estimado em US$ 25,73 bilhões. Mas nos rincões das montanhas da província de Guangxi, no sudeste da China, as mulheres da Vila Huangluo não irão contribuir com um único centavo para a indústria – porque, aparentemente, não vale a pena… (desculpa, L’Oreal).
Huangluo-hair
Para a minoria étnica das mulheres Yao, o cabelo é sua posse mais preciosa. O antigo povoado é conhecido em toda a China como “Vila do Cabelo Comprido” e é reconhecido até mesmo pelo Livro dos Recordes Guinness como “a vila dos cabelos mais compridos do mundo”. Elas deixam crescer seus cabelos negros como azeviche até 2,1 metros de comprimento e conseguem manter a aparência forte e saudável (e livre de fios brancos) até bem idosas. O segredo? Elas lavam com água fermentada de arroz. Esse tem sido o segredo para os lindos cabelos das mulheres dessa vila, bem como das princesas imperiais do oriente desde  os tempos antigos.
Huangluo21
Cabelo sempre foi um grande negócio para as mulheres vermelhas Yao de Huangluo, que recebem esse nome por causa da roupa vermelha tradicional. Você pensou que conhecia alguém verdadeiramente obcecado com seu próprio cabelo? Em Huangluo, cabelo é considerado tão sagrado que, até recentemente, ninguém tinha permissão de olhar para as mechas de cabelo de uma mulher, exceto seu marido e filhos.
Huangluo3
Cabelo aparecendo em público era proibido a tal ponto que, caso um habitante local de fora do lar conjugal ou um viajante estrangeiro tivesse um vislumbre, seria obrigado a passar três anos com a família da mulher, vivendo como genro. Estas regras ficaram obsoletas no final dos anos 80, provavelmente porque o fluxo de turismo para a região tornou-se uma fonte de renda para a aldeia remota, uma vez que essa vila está entre as mais pobres da província. Mas pobreza já não é a realidade de Huangluo e, finalmente, o turismo já não entra em conflito com a antiga crença de que deixar o cabelo longo traz longevidade, riqueza e boa sorte. Quanto mais longo o cabelo, mais afortunada a pessoa será.
Huangluo7
Juntamente com trabalhos e deveres normais inerentes à vila de 82 famílias e 400 moradores, mulheres com cabelo de Rapunzel cantam e atuam em grupos várias vezes ao dia, exibindo seu cabelo longo para os turistas e ganhando mais de US$ 300 por mês durante a temporada.
huangluohair8
As mulheres de Huangluo só podem cortar o cabelo uma vez na vida, em seu aniversário de 18 anos. Mas o cabelo cortado não é exatamente vendido para a marca de apliques das Kardashian. Aqui, ele é dado para a avó da garota e transformado em um aplique. É ironicamente neste momento, com o cabelo na altura da orelha, que espera-se que a jovem comece a procurar um cônjuge. Quando ela se casa, o cabelo é dado ao noivo e, mais tarde, torna-se parte do penteado diário da esposa.
hunagluo9
Na verdade, pode-se dizer que a idéia de aplique de cabelo originalmente veio das mulheres Yao, cujo cabelo é na verdade composto de três matérias-primas: o próprio cabelo, o cabelo de antes de seu casamento, e os fios que caem, que são recolhidos e tratados todos os dias. Todos os três se juntam para formar um penteado habilmente elaborado. Penteados diferentes também representam os diferentes status sociais do portador.
huangluo10
Por exemplo, se o cabelo é enrolado em um grande círculo no topo da cabeça, isso significa que ela é casada mas não tem filhos. Se ela é casada e tem filhos, vai usar mais um coque na testa além do que já tem no topo (quem sabe para representar a barriga de gestante?). Gosto de pensar que é para brincar que “tem pãozinho no forno!”
hunagluo11
Se ela usa um lenço em volta da cabeça, com o cabelo escondido, isso significa que está à procura de um marido que, tradicionalmente, seria o único homem com o privilégio de ver seu cabelo em toda a sua beleza. Hoje em dia, pelo menos depois de casada, o povo de Huangluo parece estar um pouco mais confortável com a ideia de que a beleza dela seja compartilhada com o mundo.
Então, mas vamos falar sobre o tal xampu dos tempos antigos. Essencialmente, é água de arroz fermentada, após ficar ligeiramente azeda. Como é rica em antioxidantes, minerais e vitamina E, lavar o cabelo com essa água vai fazer com que o cabelo fique brilhante, macio, forte e saudável. Sabe-se também ajuda a curar cicatrizes, reduzir rugas finas e inflamações, “deixando a pele saudavelmente radiante”. Ok, estou começando a soar como uma coluna de beleza.
huangluo12
Mas, falando sério, as mulheres Yao afirmam que a maioria delas não vê um único fio de cabelo branco até bem depois dos 80 anos.
Uma consultora de saúde natural de Nova York, Dra. Margaret Trey, decidiu dar uma chance à água de arroz e notou que ela limpa bem o cabelo sem ressecá-lo. Percebeu que ele também parecia mais forte, macio e maleável. Agora ela é usuária regular de água de arroz. Quando ocasionalmente volta a usar xampu de alguma marca comercial, seu cabelo perde imediatamente seus óleos naturais e se torna “ralo e quase frágil demais para escovar”. Só resta usar um produto de reparação para hidratar. (Acho que estou perdendo a atenção dos rapazes neste momento).
Mas, para os dispostos a experimentar esse antigo método de lavar o cabelo (porque você vale muito), aqui vão algumas dicas de como fazer o xampu das mulheres Yao. É muito simples.
Como fazer o xampu de água de arroz
4533279357_f0c1e7219b_o-303x455
Primeiro, colete a água do arroz (não a água que você usa na lavagem inicial para tirar a sujeira. Observação: no oriente, diferentemente de nós brasileiros, costuma-se deixar o arroz de molho por algumas horas antes de cozinhar. Essa etapa é importante, pois a água receberá mais nutrientes). “Se você cozinhar arroz de duas a três vezes por semana, você deve ter água de arroz suficiente para duas a três lavagens de cabelo”, observa Dra. Taylor. Ela ainda sugere fazer amizade com a equipe do seu restaurante chinês ou asiático favorito e levar um recipiente para adicionar ao seu estoque. Em seguida, deixe a água de arroz à temperatura ambiente durante um dia ou até que fique ligeiramente azeda e comece a fermentar. Ferva em seguida, deixe esfriar e você pode acrescentar algumas gotas de óleo essencial de tea tree, lavanda ou alecrim. Guarde na geladeira. Um pote com cerca de 1,8 litros vai durar cerca de uma semana e você pode usar também para lavar o rosto diariamente.
3796337219_6e4e9e9ab1_b-930x620
Nem preciso dizer que vou lavar meu cabelo com isso hoje!
Fonte das imagens: 123456 e 7.

Minhas observações: amei!!! Louca para testar!!! Assim que tiver testado posto aqui minha experiência.
Eu já conhecia o poder da água de arroz, especialmente para a pele. Há algumas linhas de cosméticos que aproveitam esse benefício. O ativo presente na água de arroz é o ácido kójico, famoso por clarear manchas na pele sem agredir. Além dos outros ativos citados na matéria.
Mas, ATENÇÃO: é difícil encontrar informações detalhadas sobre como o arroz branco é produzido industrialmente, mas, segundo a minha nutricionista, é uma bomba de produtos químicos, inclusive fortes neurotoxinas. Nesse caso, você estaria lavando o cabelo com uma água química quase sem nutrientes. Prefira o arroz integral, de preferência orgânico.

Fonte:http://dedoverde.net/a-vila-chinesa-dos-cabelos-compridos/


Uma vila de Rapunzels! Dentro da comunidade antiga, onde as mulheres só cortam o cabelo uma vez em suas vidas

·         Os membros fêmeas do grupo étnico de Yao em China cortaram seus cabelos uma vez em suas vidas imediatamente antes do casamento
·         A tribo de 2.000 anos de idade, localizada na vila Huanglo, Região Autônoma de Guangxi, tem 400 pessoas
·         60 mulheres na tribo têm cabelos mais longos do que três pés com uma mulher gravada com cabelo a sete pés
·         Os habitantes locais usam água de arroz para lavar os cabelos - um segredo para eles manterem os bloqueios saudáveis, suaves e brilhantes

Se você pensou Rapunzel foi resignado a contos de fadas, em seguida, conhecer as mulheres da aldeia Huangluo no sudoeste da China.
Os membros do grupo étnico Yao na província chinesa de Guangxi só cortaram os cabelos uma vez na vida, geralmente antes de se casarem, informa o People's Daily Online .
Há cerca de 60 mulheres na aldeia com cabelos de três pés de comprimento com um aldeão de fechaduras medindo sete metros de comprimento.
Surpreendente! Huangluo aldeia na Região Autónoma da China Guangxi é o lar da tribo Yao, onde as mulheres têm cabelos longos.
Como eles conseguem seus cabelos tão brilhantes? As mulheres lavam os cabelos usando arroz glutinoso e água do rio próximo.
Uma tradição antiga passou para baixo: As mulheres aqui são caracterizadas por seu vestido bordado vermelho e seus cabelos longos.
Colocando em um show: Algumas das mulheres trabalham como artistas em uma trupe, colocando em shows para os turistas que vêm para a área.
A vila de Huangluo na província de Guangxi é home à etnia de Yao que é caracterizada por seus vestidos bordados vermelhos e seus cabelos longos.
De acordo com a China.org.cn , a tribo Yao remonta a cerca de 2.000 anos.
Há 600 membros da tribo no total composto por 78 famílias.
A maioria do cabelo das mulheres pendura para baixo a seus tornozelos com 60 membros da tribo com cabelo mais longo do que três pés.
O cabelo mais comprido na aldeia tem sete pés de comprimento.
Usando recursos locais: De acordo com as mulheres, seu segredo é lavar os cabelos no rio e usar bolas de arroz glutinoso.
Uma comunidade grande em China: Há 400 povos na vila compo de 78 famílias que se mantêm às tradições.
Fascinante tradição: O cabelo é cortado durante uma cerimônia de vinda de idade, mas é preservado e não jogado fora.
As senhoras da aldeia de Hualong: As mulheres são caracterizadas por seus vestidos bordados vermelhos e seus cabelos longos
51-year-old Pan Jifeng é uma das tribos que se manteve a tradição apenas cortar seu cabelo uma vez em sua vida.
De acordo com Pan, um segredo foi passado para baixo por geração para a geração para mulheres locais mantêm seus fechamentos longos saudáveis ​​e brilhantes.
Ela disse que os moradores manteriam a água que usam para lavar o arroz glutinoso, e depois lavar o cabelo com ele.
Ela disse aos repórteres sobre as tradições da tribo: "Nós não cortar o cabelo do nascimento.
"Quando chegamos aos 18 anos, tiramos o primeiro corte de cabelo como parte de uma cerimônia de vinda de idade que significa que a menina é agora um adulto e pode se casar.
Simplesmente bonito: Uma mulher na vila Huangluo pentes através de seus longos cabelos depois de lavá-lo no rio.
Pan diz que sua neta já está crescendo seu cabelo, mas vai deixar a ela para decidir se ela quer cortá-lo
O cabelo cortado na cerimônia não deve ser jogado fora, mas preservado.
Após o casamento e o parto, esta parte do cabelo é tecida e usada na forma de um gancho como uma distinção entre mulheres casadas e solteiras.
Muitas das mulheres trabalham como artistas em uma troupe local que colocar em shows para os turistas que vêm para a região. Pan junto com suas duas noras fazem parte do grupo.
A neta jovem de Pan já começou a crescer o cabelo, mas ela diz que cabe a sua neta se ela quer continuar crescendo.
Uma mulher na China detém o Guinness World Record para os cabelos mais longos.
O cabelo mais longo documentado do mundo pertence a Xie Qiuping que mediu 18 pés e 5,54 polegadas em maio de 2004.
Há 60 pessoas na aldeia com cabelo em torno de um metro de comprimento, enquanto um local tem cabelos mais de dois metros.
Muitas das mulheres trabalham como artistas em uma troupe local ou vendem  roupas  e cobertores aos visitantes.
Fonte: rouphttp://www.dailymail.co.uk/news/peoplesdaily/article-3723244/A-village-Rapunzels-Inside-ancient-community-women-cut-hair-lives.html

Teste: água de arroz no cabelo e na pele



Fiz a água de arroz e usei por uma semana. Segui exatamente o que dizia a receita. Só que o arroz integral absorve muita água, então precisei colocar mais. Deixei o arroz de molho durante uma noite inteira. Ficou com este aspecto:
água de arroz
Finalizei o processo, coloquei algumas gotinhas de óleo essencial de tea tree e coloquei a água num borrifador. Deixei na geladeira.
No cabelo
Lavei o cabelo somente com água de arroz duas vezes seguidas, sem utilizar qualquer outro produto. Na primeira vez, achei o resultado muito interessante. O que chamou mais minha atenção foi a ausência completa de frizz. Mas não deu muito brilho, não. Ficou limpinho, com aspecto de cabelo saudável, mas com brilho discreto.
Na segunda lavagem só com água de arroz já deu ruim. Experimentei o que os praticantes de no poo sofrem quando começam a aderir à técnica: o cabelo colado na cabeça e com aspecto “encerado”. Percebi que a água de arroz sozinha como shampoo precisaria de um processo longo de adaptação, ou então as chinesas não usam só isso.
Na terceira vez, lavei o cabelo normalmente e usei a água de arroz como último enxágue. Aí sim ficou bem mais legal. Em todas as vezes que apliquei nos cabelos, na mesma hora senti que “baixou” tudo. Diria até que houve um alisamento sutil. O ponto forte é que combateu o frizz. Outro grande ponto forte é que não fica com cheiro de arroz no cabelo. Senti somente o cheiro do tea tree, que depois do enxague acabou se tornando um cheiro fresquinho e suave.
Na pele
Lavei o rosto com água de arroz algumas vezes e também borrifei antes de dormir. Senti que limpou bem, deu um leve toque seco e ainda tive a impressão de que realmente diminui os poros e uniformiza o tom da pele. Mas a comprovação disso é só com uso prolongado.
Concluí que a longo prazo com certeza os benefícios devem aparecer, assim como na maioria das soluções naturais. Tudo que é natural, tanto na alimentação, quanto na higiene pessoal, quanto em remédios caseiros, mostra seus benefícios após muitos usos seguidos. O que vai de encontro aos hábitos de nossa sociedade imediatista e impaciente. É como plantar uma semente e querer colher frutos no dia seguinte. A indústria oferece todo tipo de solução imediata, mas isso tem seu preço.

Por outro lado, o tempo passa tão rápido, não é? Neste ano usei somente produtos naturais e passou super rápido. Agora percebo que estou colhendo os frutos.
Fonte:http://dedoverde.net/189-2/

O SEGREDO PARA TER UM CABELO LONGO E MACIO SEM GASTAR MUITO COM ISSO!


Muita gente tem preferência por cabelos longos.
Por isso investe tempo e dinheiro em vários produtos.
O problema é que nem sempre há um critério na hora de escolher o tipo de tratamento a que os fios serão submetidos.
Você já deve saber, por exemplo, que ingredientes químicos prejudicam bastante nossa saúde.
Sendo assim, sempre optamos por receitas naturais, uma alternativa que vem sendo muito bem recebida pelas pessoas.
Produtos à base de mel, óleo de coco e azeite de oliva já se tornaram indispensáveis no tratamento capilar de várias mulheres.
No entanto, há um ingrediente ainda mais poderoso e pouco conhecido entre os ocidentais, capaz de estimular o crescimento dos fios, além de deixá-los mais macios.
Estamos falando de nada mais e nada menos do que a água de arroz.
Isso mesmo!
Trata-se de uma receita antiga, bastante usada na Ásia, principalmente numa aldeia chinesa chamada Huangluo.
Você pode procurar imagens na internet - o cabelo do povo yao é simplesmente enorme e bem tratado.
Estamos falando de mulheres que têm fios com quase 1 metro e meio de comprimento!
Dá para imaginar?
Isso é tão impressionante que a cidade acabou entrando no Guinness Book, o Livro dos Recordes.

Mas o segredo não está apenas na genética...
Há um método natural que contribui bastante para estímular o couro cabeludo dessas pessoas.
A água usada para cozinhar arroz tem ido muito útil na hora de lavar os cabelos, deixando resultados maravilhosos.
Estudos explicam que a água de arroz é rica em antioxidantes, minerais e vitamina E.
Além disso, ela tem propriedades restauradoras que melhoram a elasticidade do cabelo.
Quer saber mais?
A água de arroz contém  inositol, um nutriente que pode reparar fios danificados e protegê-lo de danos futuros.

cabelo_-_agua_de_arroz.jpg


Além disso, os aminoácidos presentes na água de arroz ajudam a reforçar as raízes do cabelo e suavizar a sua superfície.
Há relatos de que esta receita também cicatriza inflamações na pele.
Para o povo yao, os cabelos compridos são símbolo de prosperidade, longevidade, riqueza e boa sorte.
Seja qual for sua intenção para querer o crescimento dos seus fios, aprenda a receita e aproveite a eficácia dela!
INGREDIENTES
1 Xícara de arroz Integral (Arroz negro é mais rico em ferro).Na dieta diária, pode ser incluído suco verde de manhã e também arroz germinado para potencializar o efeito terapêutico(polifenóis).
Água
Óleo essencial de lavanda ou alecrim (vende-se em lojas de produtos naturais ou na internet)
MODO DE PREPARO
Lave o arroz cru para remover qualquer resíduo.
Feito isso, coloque numa tigela e cubra com água.
Deixe descansar e agite o recipiente de vez em quando, para misturar os ingredientes.
Coe a água e coloque numa garrafa de plástico.
Em seguida, deixe à temperatura ambiente durante um dia para que se inicie a fermentação.
Depois, leve para ferver numa panela e deixe esfriar.
Depois da mistura ficar fria, adicione 2 gotas de óleo essencial e passe nos cabelos, como um xampu natural, massageando suavemente do couro cabeludo até as pontas.
Em seguida, lave e enxágue muito bem.
Faça este tratamento de duas a três vezes por semana.
Fonte:http://curapelanatureza.com.br/post/06/2016/o-segredo-para-ter-um-cabelo-longo-e-macio-e-sem-gastar-muito-com-isso